A modelo brasileira Eloisa Pinto Fontes, que foi dada como desaparecida em Nova York em 2019, foi encontrada “sozinha e equivocada” em uma favela no Rio, no Brasil, recentemente, segundo o DailyMail.

A modelo que outrora estampou as capas de revistas conceituadas, como ‘Elle’, ‘Grazia’ e ‘Glamour’, foi encontrada no Morro do Cantagalo, no Rio, no sudeste do país, no dia 6 de outubro.

Fontes foi encontrado por uma equipe de vigilância do bairro local. A modelo teria sido vista vagando “sem camisa e sem sapatos por dois dias”. Fontes carregava apenas uma mochila com documentos. Os documentos supostamente consistiam em seus contratos com agências internacionais de modelos e referências de fotógrafos internacionais.

Eloisa Pinto Fontes: Verschwundenes Model taucht nach über einem Jahr  wieder auf | GALA.de

Reportagens afirmam que Fontes “desapareceu” de Nova Iorque no início de 2019 e foi encontrado cinco dias depois, numa rua de White Plains, a cerca de 30 minutos de carro do centro de Manhattan. De acordo com o Mirror UK, ela estava “significativamente desorientada” quando foi vista pela primeira vez após desaparecer.

Enquanto isso, Oglobo relatou que decidiu voltar ao Brasil no início deste ano e se estabelecer no Rio em busca de trabalho. Ela não havia informado sua família sobre seu paradeiro e eles não puderam fazer nenhum contato com ela e continuaram a procurá-la. Eles vivem em uma parte diferente do Brasil.

Antes de partir, a modelo morou com o marido Andre Birleanul em Nova York. Ela teria conhecido o modelo russo-romeno aos 18 anos quando ele tinha 34 e morava em São Paulo. Eles têm uma filha juntos, que nasceu em 2013. O casal se casou em 2014. Relatos sugerem que Fontes e Birleanu se separaram logo após seu aparecimento. Ele teria mantido a custódia de sua filha de sete anos.

Fontes teria estado em “estado de paranóico”, relutante em ir com a polícia quando foi encontrada. Desde então, ela foi matriculada em uma instituição de saúde mental, o Instituto Psiquiátrico Philippe Pinel, no bairro de Botafogo, e os médicos teriam dito que não têm planos de liberá-la. Sua mãe foi informada de seu paradeiro e ela viajaria ao Rio para cuidar dela.

Família diz que modelo segue internada no Pinel O Dia - Rio de Janeiro

DailyMail.

Leave A Reply

Please enter your comment!
Please enter your name here